Seguidores

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

ESCREVER NA TERRA



"E, tornando a inclinar, escrevia na terra." - João 8:8

Quanta gente não abusará dos recursos da escrita, para veicular imposições e difundir enganos na Terra?

Quantos espíritos, mesmo desencarnados, valem-se dessa oportunidade para atender a venenosos caprichos individuais?

Aqui, escreve-se para a consecução de determinados objetivos inferiores; além, aproveitam-se publicações para o mercado de propósitos subalternos.

Quantas vezes nós mesmos teremos movimentado o jornal ou o livro, pretendendo impor nossa interpretação individual?

Quem escreve precisará lutar contra numerosos monstros que ameaçam o espírito.

É indispensável guardar-se todos os dias.

E, nessa vigilância justa, será razoável lembrar a posição de Jesus, que não nos deixou livros ou pergaminhos, legando-nos, apesar disso, os tesouros da vida imperecível.

Importa, considerar, no entanto, que o Mestre Divino escreveu na terra.

Nunca encontraste o simbolismo profundo desse gesto de Cristo?

Quem poderá passar no Planeta sem grafar alguma coisa nos caminhos do mundo?

Nem todo homem gravará páginas, mas todos escreverão na terra a história de sua passagem comum.

No campo, traçará leiras, plantará árvores, modificará paisagens; nas cidades, construirá oficinas, instituirá universidades, levantará edifícios.

A Terra é o grande livro que o Senhor nos deu aos serviços de formação espiritual.

Ainda que não percebas, estás escrevendo diariamente.

Se já não és criança de entendimento frágil, se já tens o contato do Cristo, não te descuidas da escrita diária.

Vê o que gravas nas páginas da vida.

Tuas mãos e atitudes gravam sempre, a todo minuto, com as tintas luminosas ou escuras do coração.

A terra está registrando o que fazes. Não manches o livro que o Pai nos confiou.

Livro: Plantão da Paz
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

SOCORRO E BENEVOLÊNCIA



Socorro e benevolência!...


Curioso examinar como é fácil seguir o caminho da caridade até o meio; tão fácil que o princípio dele é acessível a qualquer um. Isso, porque, se o início das boas obras pode realizar-se através de impressões externas, a complementação deve ser feita no cerne da vida íntima.


Mobilizaremos recursos materiais, diminuindo o infortúnio de companheiros que a penúria vergasta; no entanto, a fim de aprendermos as lições da bondade, é forçoso lhes saibamos doar, tanto quanto possível, esforço e presença pessoal, na solução dos problemas que lhes digam respeito.


Partilharemos dissabores e aflições dos vizinhos, especialmente quando a própria tranqüilidade nos permita articular bons conselhos, mas, para que o nosso testemunho de fraternidade seja completo, cabe-nos regozijar-nos sinceramente quando se mostram felizes, sem qualquer necessidade de nosso auxílio.


Estimaremos a prestação de gentileza às pessoas que se nos façam atraentes pela humildade que evidenciem; contudo, é forçoso sustentar o mesmo concurso afetivo junto daqueles que a revolta e a obsessão nos apresentem como sendo criaturas menos simpáticas.


Alegrar-nos-emos com as tarefas da assistência social quando vantagens diversas nos assegurem euforia do corpo e alma; entretanto, para demonstrarmos compreensão de solidariedade real, é preciso saber olvidar enxaqueca e desgosto, a fim de sorrir encorajando os irmãos em lides expiatórias.


Caridade, indiscutivelmente, é a senda do amor; contudo, para alcançar a vitória espiritual a que ela nos guia, é necessário trilhá-la dos júbilos do começo às dificuldades do fim.



Livro: Encontro Marcado

Emmanuel & Francisco Cândido Xavier


sábado, 22 de outubro de 2011

SEM DESÂNIMO



    Hoje, sofreste o espinho da angústa, entretanto, ainda ontem, teu coração agasalhou alegrias verdadeiras.


    Hoje, suportaste o peso do fracasso, todavia, ainda ontem, expressivas vitórias coroaram-te a fronte.


    Hoje, semeaste a incompreensão, contudo, ainda ontem, pronunciaste palavras de entendimento a alguém que sofria.


    Hoje, magoaste o companheiro com a palavra ríspida, no entanto, ainda ontem, abraçaste com carinho o amigo em provação.


    Se hoje te encontras vencido pela amargura, porque falaste ou agiste impensadamente, recorda que,ainda ontem,pudeste ser o veículo da paz e da esperança,da paciência e do bem, na certeza de que acertos e erros,ajustes e desajustes são constantemente lições oportunas na escola da evolução.


    Hoje, lutamos. Amanhã, venceremos.


    Sempre e sem desânimo.


    André Luiz & Francisco Cândido Xavier


    Fonte: http://mensagemdeluz.kit.net/

terça-feira, 18 de outubro de 2011

TEMPOS DE VALORIZAÇÃO DA VIDA



Quaisquer que sejam as providências tomadas para elucidar a alma humana, no sentido de se promover os cuidados para com a vida, valorizando-a como deve ser, esbarraremos numa muralha intelectual e num vazio moral instigados pela influência das teses materialistas-ateístas que se insurgem no seio das sociedades.

Não deveremos desconsiderar a força dos projetos de vida imediatistas que se costumam alimentar no anseio tipicamente humano de desenvolver poucos empenhos, ou de usufruir situações mais confortáveis e de tirar todos os proveitos possíveis dos recursos do Planeta, sem que se tenha muito o que ressarcir, o que realizar, em prol desse bem-estar anelado. Enfim, é a teoria do proveito pleno e sem ônus para os beneficiários.

Tais posturas são regidas pelo egoísmo, remanescente do instinto de conservação, que tem nos reinos inferiores à Humanidade a sua fonte geradora. É o egoísmo que faz dilatar essa desenfreada busca do prazer hedonista, do gozo insaciável e gratuito sem qualquer reflexão relativa às conseqüências desses privilégios.

Não estranhemos que semelhantes condutas estejam entranhadas e muitas vezes sustentadas por criaturas que se apresentam como religiosas, como crentes em Deus, ou como lideranças nos campos das instituições de fé ditas cristãs.

O que se passa é que muitos Espíritos hão chegado ao Planeta, nos dias presentes, trazendo responsabilidades assumidas na Imortalidade, nos campos do bem, da renovação espiritual e dos progressos inerentes à alma eterna. Ao se sentirem bem instalados no conforto do corpo físico, valendo-se das possibilidades socioeconômicas de realce ou quando se adornam com os poderes da política terrena, deslustram esses compromissos – que lhes são recordados durante as horas de desdobramentos naturais pelo sono – e mergulham em atuações ególatras discricionárias, absolutistas, sem qualquer pensamento que se volte para o Criador da Vida e Suas leis registradas em nossa consciência.


É indispensável que estejamos atentos para as instruções trazidas pelas Vozes dos Céus, no cerne da Codificação do Espiritismo, concernentes ao poder nefário do egoísmo que se reproduz nas mais várias instituições do mundo, seja no seio da família, da escola, das igrejas ou das oficinas profissionais, fenômeno que só será batido, transformado ou superado por meio de ingente trabalho da educação.

Impraticável conseguir-se o entendimento, por parte das massas terrenas, de questões magnas para a vida como é a do abortamento, da pena de morte, da eutanásia, da fome, dos descalabros antiéticos, sem que os indivíduos tenham, devidamente amadurecida, a consciência de si mesmos como Espíritos imortais e que, por isso mesmo, responsáveis pela sementeira que realizam no solo planetário.

O Espiritismo é chamado agora, por meio do labor dos espíritas, a cooperar em todos os movimentos sociais que enaltecem a vida e todos os elementos a ela vinculados, no campo das providências imediatistas, nas respostas que precisam ser dadas às comunidades, sem qualquer dúvida.

Entretanto, pela força filosófica da Doutrina Espírita, não podem os espiritistas perder de vista o seu caráter educacional, trabalho que é capaz de modificar as disposições morais dos seres, mudando o modus vivendi do homem, proposta que permitirá lancemos na correnteza social criaturas bem formadas, participantes da aristocracia intelecto-moral a que se referiu o ínclito Codificador Allan Kardec, na esteira das suas formosas reflexões acerca dos grupos de governança terrestre.

O que presenciamos, por enquanto, é um formidável embate entre as vozes que projetam luz sobre as mentes, sobre as almas e aquelas que gritam suas alucinadoras propostas de destruição e de morte, testemunhado pelo covarde silêncio de muitos indivíduos que, se conseguem cantar e prestigiar as verdades espirituais em grupo, no conjunto dos confrades do bem, calam-se e omitem-se toda vez que se defrontam com o ensejo de dar seu testemunho da verdade, amedrontados muitas vezes pelo temor do achincalhe ou das desconsiderações de que possam ser alvos.

Estamos convocados pelos Porta-Vozes de Jesus Cristo, que atuam nos altos serviços de espiritualização das idéias no mundo, a dar nosso contributo, a nossa palavra consistente, calcada nos princípios do venerando Espiritismo, sem arrogância, sem presunção e sem medo.

Contudo, somos chamados a dar o nosso testemunho de lucidez, de fortaleza moral e de fraternidade, a fim de que o processo educacional que o Espiritismo apresenta, muito além de receber o reforço na nossa teoria, possa contar com o vigor da vivenciação dos espíritas no meio social.

Estamos nos tempos de exercitar a própria coragem e a boa disposição, nessa audácia que fez com que os primitivos cristãos descessem aos circos tão logo ressoou na voz do Cristo a palavra Amor.

Destemidamente, cabe-nos avançar conjugando os possíveis esforços para que, perante tanto desapreço pela vida humana, atuemos no campo da feliz educação, amparada pela ética do amor a Deus acima de tudo e ao próximo, como a nós mesmos, engolfados pela moral de prestar os indispensáveis serviços em prol da dissolução gradativa do egoísmo, da espiritualização das idéias e do aprofundamento das reflexões em torno da lei de causalidade, do que nenhum de nós estará indene.

A valorização da vida do corpo não pode prescindir do apoio à cultura da alma, da estima que se viva quanto às realidades do Espírito imortal.

Camilo

Mensagem psicografada pelo médium José Raul Teixeira, em 10 de novembro de 2007, na Reunião Ordinária do Conselho Federativo Nacional, da Federação Espírita Brasileira, realizada em Brasília, DF.

Fonte: http://www.seal.org.br/

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

A TRISTEZA



Em muitas ocasiões, você pensa que a grande tristeza jaz nos momentos em que os caprichos e desejos desatendidos remexem sua intimidade, fazendo-lhe sofrer. De outro modo, admitirá que seja de amara tristeza a ausência física de alguém que demandou a Eternidade, a quem dedicava afeto, ou, ainda, o desastre econômico que lhe haja atingido, baqueando-lhe a marcha dos empreendimentos materiais.

Realmente, esses motivos ponderáveis para o seu entristecimento, vergastando-lhe as experiências, deixando-lhe marcas de demorada recomposição, muitas vezes. Não obstante, sempre defrontamos situações que impõem maior gama de amargores, entristecendo as horas nossas no mundo, quando podemos:

servir ao bem, e desservimo-lo;

oferecer, e retiramos;

apresentar a palavra harmoniosa que constrói e renova, e profanamos o dom de falar, com expressões agressivas que perturbam;

amar, e nos detemos nas farpas odientas;

compreender, e tornamo-nos cruéis na incompreensão;

caminhar à frente, e fixamo-nos na retaguarda do atraso.

Não padece de dúvida o fato de que acharemos diversas ocorrências nas quais o ser humano, nas atividades terrenas, sentir-se-á infeliz, como se o mundo lhe houvesse ruído sob os pés. Porém, você bem consegue perceber que a maior tristeza que pode se abater sobre uma criatura, torturando-a, fomentando desditas para o espírito, é o mau aproveitamento doas oportunidade que lhe concede o Criador, para evoluir e brilhar.

Medite sobre isso e plasme alegrias de que carece, nos enobrecedores serviços do amor.

Livro: Rosângela
Rosângela & J. Raul Teixeira

NOSSO LAR CAPC EM BUSCA DA CURA - 1/3

Descrição:


Núcleo Espírita Nosso Lar e Centro de Apoio ao Paciente com Câncer em São José Florianópolis SC.


Informação: www.nenossolar.com.br



quinta-feira, 13 de outubro de 2011

AS ENERGIAS PARA NOVEMBRO - Parte 1




As energias para Novembro - parte 1

por Tatiana Michejevs - terapeutaatlante@ig.com.br

A ENTRADA PARA A ABSOLUTA INTEGRIDADE: O PORTAL 11:11:11

Arcanjo Miguel através de Celia Fenn


Queridos Trabalhadores da Luz, vocês verdadeiramente estão passando por um tempo de grande turbulência e mudança. Alguns de vocês já podem estar sentindo em sua vida os efeitos da abertura do Portal Estelar 11:11:11, que culmina no dia 11 de Novembro. Mas apesar deste ser um tempo desafiante para todos vocês que estão no caminho da Ascensão Consciente, ele será também um tempo de grande Radiação e Claridade. O Dom que é oferecido neste Portal Estelar é o completo alinhamento dos Aspectos Superiores e Inferiores do Ser em Absoluta Integridade.

O Portal 11:11:11 e o seu Significado

Os Portais 11:11 são sempre momentos quando o Planeta experimenta um fluxo de Iluminação Espiritual. Este é o primeiro maior Portal Estelar após o Portal do Leão e o Vórtice Harmônico 8:8 em Agosto. Entretanto, este ano a energia é especialmente poderosa já que o duplo Portal 11 habitual foi elevado para um nível de um portal 11 triplo. Isto porque nos harmônicos energéticos dos números, o 11º do 11º mês de 2005 também se torna um 11 (2+2+7=11).

O vórtice de triplo 11 representa a culminação das energias que foram iniciadas na entrada do triplo 7 ou 7:7:7 em Julho deste ano, precisamente quando o Portal do Leão se abriu. Neste evento a energia ativou o completo Sistema de Doze Chacras dos Humanos Ascendidos Multi-Dimensionais. Nos últimos meses passados vocês, como Trabalhadores da Luz e membros da primeira onda de Ascensão, vêm trabalhando para equilibrar seu Sistema de Doze Chacras e facilitar a ativação dos chacras inferiores com as avançadas energias do Raio Laranja-Rosa, com a assistência do Divino feminino através do despertar das energias do Solar Feminino no Planeta.

Agora, à medida que este equilíbrio é alcançado, vocês são capazes de trabalhar com as energias do Portal Estelar 11:11:11 para trazer os Aspectos Superior e Inferior do seu Ser dentro de completa Harmonia e Alinhamento. Este equilíbrio é alcançado no Chacra do Coração e a importância de estar dentro da Luz do seu Coração e permitir as energias do Coração fluírem neste momento não pode deixar de ser enfatizada.

Não importa quanta negatividade e caos vocês vêem no mundo externo, saibam que este é o momento certo para vocês passarem para dentro da Absoluta Integridade de Intenção e Propósito para alinhar o seu Ser Superior com o seu Ser Inferior e fazer de sua vida uma expressão da Energia Radiante da sua Alma e Espírito. Este também não será um passo fácil para aqueles que escolheram fazer isto, porque tudo o que houver em sua vida que não esteja alinhado com seu Propósito será arrancado de você. Isso significará o fim de relacionamentos e mudanças de trabalho que podem ser chocantes pela sua rápida e intensa desintegração.

Mas, não importa o que aconteça, este é um tempo de absoluta Honestidade, Integridade e Abertura para seu Ser e para os Outros. Estiveram trabalhando, durante os últimos meses, para chegar ao ponto em que suas escolhas são feitas a partir do Coração. Agora essa habilidade vai servir bem a vocês. Quando começarem a demonstrar a realidade da Consciência da Nova Terra, só verão Amor e Beleza. Quando o Velho se vai para deixar lugar ao Novo, vocês responderão com Aceitação e Graça. Saberão que há um Propósito Superior em tudo o que ocorre, sem que importa como isso pareça ou seja percebido por vocês.

Sintomas Energéticos e Físicos do Portal 11:11:11

- Esgotamento físico e necessidade de dormir muitas horas. Isso é porque seus Corpos Físicos e Emocionais estão alinhados com as vibrações Superiores dos Corpos Espirituais para facilitar o completo alinhamento dos seus Aspectos Superior e Inferior.

- Estresse Emocional e fim de relacionamentos. Tudo o que não estiver em integridade, terminará. Alguns finais podem incluir hostilidade à medida em que raivas reprimidas venham à superfície.

- Depressão e tristeza. Um sentimento de ser incapaz de enfrentar ou estar fracassando. Não se preocupem. Isto tem que ser assim e seu Aspecto Superior vai estar dirigindo esse processo de alinhamento. Não é uma prova nem há nada por que passar ou falhar. Se estiverem experimentando estes sintomas de alinhamento, então, já triunfaram neste seguinte passo de seu processo de Ascensão.

- Aumento do caos aparente em sua vida. À medida em que vocês se tornam mais centrados na paz e na quietude de sua Alma e de sua Essência Divina no processo de alinhamento, o mundo externo parecerá cada vez mais caótico e frenético. Não permitam que isto os desequilibre. Permaneçam dentro da sua paz e sua calma neste momento maravilhoso.

- Sentimentos de vazio e solidão e tendência ao choro. Isto é parte da completa entrega ao Aspecto Superior. Vocês liberaram a posse do seu próprio Ego Inferior e entregaram o comando ao Superior. Este processo de alinhamento representa um "não espaço" ou "vazio" no qual o Ser Egóico pode se sentir muito só e perdido. Não permitam que isto subjugue vocês. Saibam justamente que isso passará e vocês avançarão para a completa realização do seu potencial como um Anjo Humano.

- Profundos sentimentos de Paz e Gratidão à medida em que o alinhamento é completado e vocês passam para a plena experiência do Portal 11:11:11. À medida em que despertam para as Mudanças Internas celebrarão o intenso poder que sentirão como se os Aspectos Superiores e Inferiores se juntassem e o fluxo da Energia Cristal e da Consciência Superior passassem através dos seus corpos e dentro do sistema de Rede Cristalina do Planeta. Vocês começarão a sentir um sentimento de completa Harmonia entre si mesmos e o Planeta enquanto suas energias de Nona Dimensão se ativam completamente dentro do Sistema da rede Cristalina. É hora de celebrar!

Texto revisado por Cris

Fonte: http://somostodosum.ig.com.br/

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

O QUE É A ASCENSÃO?

O QUE É A ASCENSÃO?
Por Jelaila Starr (23 de março de 2001)
Publicado em 18 de outubro de 2009

Neste meio tempo vocês provavelmente perceberam que nós não demos um projeto para a ascensão. Em um mundo perfeito, nós teríamos um projeto ou modelo que nos mostrasse o que fazer. Nós saberíamos o que esperar e o que não esperar e, portanto, passaríamos pelo processo com mais graça e tranqüilidade do que o fazemos agora. Mas como todos percebem, nós não vivemos em um mundo perfeito, assim, nós cambaleamos cegamente por algum tempo, imaginando como prosseguir.


Grande parte de nossa energia é gasta, sendo informados de que temos concepções errôneas do que é e não é o processo de ascensão. Estas concepções errôneas criam muita dor que experienciamos ao longo do caminho. Por exemplo, há uma concepção errônea de que podemos ascender sem ter que experienciar os nossos medos. Ó, como seria maravilhoso se isto fosse realmente verdadeiro! “Suspiro”.

Este artigo foi escrito para ajudar a dissipar algumas destas concepções errôneas que nos levam a cambalear e também fornecer algo de um projeto para o processo. Este projeto, naturalmente, é baseado em minhas experiências, assim como as daquelas magníficas almas que eu tenho a honra de conhecer e que trilham o caminho ao meu lado. Assim, vamos começar com o básico.

O Que É A Ascensão?

A um nível individual, a ascensão é o processo de mudar a consciência da realidade de alguém, baseada em um conjunto de crenças, para outra. Em um grupo, ou nível planetário, a ascensão é a expansão coletiva de um estado de consciência (conjunto de crenças), ao ponto onde esta consciência cria uma nova realidade – um novo estado de ser ou dimensão (A Síndrome do Centésimo Macaco). Exemplo: Nós estamos criando coletivamente uma consciência de 5ª dimensão através de nossos processos de ascensão individual. Está certo, eu compreendo que eu lancei um novo pensamento aqui, este de que uma dimensão é um estado de consciência. Talvez, nós devêssemos parar e observar isto antes que continuemos, porque realmente precisamos compreender a consciência, as dimensões e tais conceitos, antes que possamos compreender verdadeiramente o processo da ascensão.

O que é a Consciência?

Consciência é um conjunto de crenças nas quais baseamos nossas vidas e através das quais fazemos as escolhas e decisões que criam a nossa realidade presente.

O que é uma dimensão?

Uma dimensão é um estado da consciência. Agora como isto pode ser? Bem, quando vocês observam o que chamamos de dimensões, o que percebemos é que cada uma refere-se a um exclusivo conjunto de crenças. Por exemplo, a 3ª dimensão refere-se à crença de que esta é a única vida que temos e se não pudermos tocá-la, experimentá-la, vê-la, senti-la ou ouvi-la, ela não existe. E esta bem próxima? A 5ª dimensão, a qual eu me dedicarei totalmente em um artigo vindouro, refere-se à Cristo ou à Consciência da Unidade, onde compreendemos que estamos todos conectados – compreendemos e vivemos em unidade (há uma concepção errônea de como é a consciência de unidade e eu me referirei a ela no artigo, A 5ª Dimensão – como será?). Nossa consciência de 3ª dimensão atual não foi estabelecida até que um número suficiente de pessoas começasse a acreditar da mesma maneira. E eu suspeito de que a consciência de 5ª dimensão atual não foi estabelecida até que um número suficiente de pessoas que existissem lá imaginasse como viver em unidade. Assim vemos que quando um número suficiente de pessoas vive um conjunto de crenças, elas criam uma dimensão.

Indo além, um estado de consciência/dimensão, vibra em certa freqüência assim como toda a matéria física tem uma vibração distinta de freqüência. Em nosso universo como eu o compreendo, quanto mais próximos nós alcançarmos o ponto de integração de Luz e de Escuridão, mais rápidos nós vibraremos (a compaixão sendo o ponto de integração com o padrão vibratório mais rápido). Assim, se todo um grupo de pessoas adquirirem um conjunto particular de crenças, neste caso, a compreensão de como viver no ponto de integração entre a Luz e a Escuridão, então todos eles começarão a vibrar neste padrão particular. Este padrão vibratório é também conhecido como freqüência. Continuando, esta vibração do grupo cria uma nova consciência, uma nova realidade, e uma nova dimensão pelos indivíduos no grupo, expressando-se emocionalmente, criativamente, etc. Eu espero que tudo isto faça sentido para vocês. Algumas vezes eu me vejo tentando explicar conceitos multidimensionais um pouco desafiadores, porque há muitos níveis para eles. Eu posso vê-los em minha mente, mas colocá-los no papel é outra questão. “Sorriso”.

Agora que temos uma compreensão básica da consciência, dimensões e freqüência, voltemos à ascensão.

Como ascendemos?

Expresso de uma forma simples, nós ascendemos ao clarificarmos os nossos bloqueios emocionais, integrando os medos que são a base destes bloqueios, e transmutando a raiva, o ódio, a culpa, a censura e a humilhação nestes bloqueios em compaixão. Em cada um de nossos bloqueios emocionais há julgamento das emoções obscuras (já afirmadas acima). Quando aprendemos a aceitar, valorizar e usar estas emoções de uma maneira equilibrada, nós equilibramos o lado Obscuro de nós mesmos.

No exterior, quando aprendemos a valorizar e a apreciar estes que expressam emoções obscuras em seus papéis como nossos professores (isto é, estes que desempenham papéis obscuros, pois eles têm contratos espirituais conosco para fazerem isto), há um equilíbrio entre a Luz e a Escuridão em nossa realidade. Mais uma vez, outro conceito multidimensional condensado em uma sentença ou duas. Leiam a “Fórmula da Compaixão” e “Dançando com os folhetos obscuros” para mais informação na integração da Luz e da Escuridão.

Quando clarificamos os nossos bloqueios, mudamos a nossa consciência. Nós nos tornamos menos críticos, portanto mais compassivos. Assim a nossa consciência muda primeiro e o nosso corpo físico segue o exemplo. Em terceiro lugar, a nossa realidade externa começa a refletir a nova consciência que estamos expressando. Portanto, vagarosamente a realidade física muda também. Assim, a cada dia, quando permitimos que nossos guias nos tragam lições de modo que possamos clarificá-las, nós estamos ascendendo.A cada vez que clarificamos um bloqueio e experienciamos a alegria da gratidão, a apreciação e a compaixão, estamos ascendendo. Vamos recapitular esta. A ascensão ocorre quando vocês:

1 – Estão desejando clarificar os seus bloqueios.

2 – Clarificam um bloqueio, integram um medo ao experiênciá-lo e conquistam a compaixão, criando assim uma mudança em sua consciência.

Qual é a mecânica da ascensão?

A Ascensão é um processo que tem componentes espirituais, emocionais, mentais e físicos. Este processo tem múltiplas camadas e é interconectado, significando que uma ação que ocorra a algum nível, afeta os outros níveis (pensem nisto como um efeito dominó). A mecânica do processo de ascensão segue algo como isto:

1 – Vocês pedem para que os seus medos se mostrem a vocês.

2 – Um medo se manifesta em sua vida como uma lição que tem que se manifestar.

3 – Vocês se movem através do medo, desejando experienciá-lo tão completamente quanto necessário, a fim de integrá-lo.

4 – Vocês integram o medo, aprendendo assim a lição. Nesta parte, vocês assimilam os sentimentos do medo associados com este medo/lição. Eles podem ser sentimentos tais como: culpa, vergonha, ódio, raiva, ressentimento, etc.. (Sim, nós realmente tememos ao sentirmos estas emoções porque nos foi ensinado que elas são más e se nós as experienciarmos, nós seremos maus.)

5 – Vocês experienciam a liberação quando o medo é integrado e a lição é aprendida. Nesta liberação vocês experienciam emoções tais como alegria, êxtase, gratidão ( pela pessoa que desempenhou o papel Escuro ) e compaixão (pela dor que a pessoa do papel Escuro) teve que experienciar a fim de desempenhar a sua parte). Quando vocês sentem compaixão, há uma sensação de formigamento em seu corpo, e em muitos casos, uma explosão orgásmica de energia em seu chacra coronário superior (isto é, a raiva, a vergonha, etc., sendo transmutada em compaixão), enquanto vocês liberam as pessoas envolvidas em sua lição, da culpa.

6 – A compaixão que vocês sentem transmuta um pouco mais do seu DNA baseado no carbono para o DNA baseado no cristal ou na sílica, permitindo assim mais luz em seu corpo. Ao mesmo tempo, quaisquer implantes (também conhecidos como padrões de comportamento), associados a este medo/lição são mudados (equilibrados). Se vocês estiveram trabalhando neste medo em todos os seus vários aspectos, estes implantes recentemente mudados liberam então sua partícula dos seus 10 cordões adormecidos do seu DNA, de modo que eles possam ser realinhados.

Quanto mais nos movemos através destas fases, (leiam a “Fórmula da Compaixão” para mais detalhes neste processo de integração/transmutação), mais recodificamos o nosso DNA, mudando a consciência para mais e mais próxima ao ponto de integração entre a Luz e a Escuridão. A Compaixão é a aceitação incondicional e igual de todas as coisas (Luz e Escuridão), em relação a quem ou o que vocês são. Agora vamos observar algumas das concepções errôneas sobre a ascensão.

Concepções Errôneas da Ascensão

Há muitas concepções errôneas sobre a ascensão ocorrendo nestes dias. A maior parte delas parece vir de uma falta de informação básica e de tentar formular o nosso conceito de ascensão no que nos foi ensinado no passado. Uma vez que nos foi dada a perspectiva superior em relação a alguns destes conceitos, podemos verificar que onde já tenha outro nível de conhecimento fará com que tudo isto tenha sentido. Vamos observar alguns dos mais predominantes.

Nós podemos ascender sem experienciar a dor ou o medo.

Como eu disse anteriormente, eu desejaria que isto fosse verdade, mas como verificamos pela informação acima, nós devemos ter algo que possamos usar para conquistar a compaixão. Nós devemos ter alguma forma de estímulo. Nós não transmutamos o amor ou a alegria em compaixão, transmutamos? Tanto o amor como a alegria são emoções de freqüência mais elevada, como a compaixão, não são? Compreendo que nós usamos a energia das emoções de freqüência inferior da raiva, vergonha, culpa, ressentimento, etc. para transmutarmos em compaixão. Assim, se isto for verdadeiro, então devemos ser capazes de acessar estas emoções para que haja a possibilidade de transmutá-las, certo? E, a fim de acessá-las devemos senti-las de alguma forma, porque isto é o que se pretende ao acessá-las, não é verdade? E não é quando as experienciamos o mesmo que senti-las?

Prosseguindo, as emoções de freqüência inferior não criam dor emocional e, algumas vezes, dor física? Por exemplo, a raiva não cria a dor emocional, ou culpa, ou a vergonha? Assim, para resolvermos isto, se precisamos de emoções transmutáveis como estímulo para ascender, então devemos acessá-las. Isto significa sentirmos a dor destas emoções, e se sentirmos a dor destas emoções, eu suponho então que significa que nós não ascenderemos sem experienciar a dor. Isto faz sentido? E tenham em mente que a dor é um catalisador para a mudança. Nós não mudamos até que compreendamos que precisamos... A dor é o indicador que é o momento para a mudança. Da perspectiva superior, como eu a compreendo, a dor é uma ferramenta mais valiosa porque sem ela nós não teremos catalisador para nos mover para fazer o trabalho que é necessário, a fim de crescermos espiritualmente.

Nós podemos recodificar o nosso DNA apenas através da intenção ou é preciso que tenhamos alguém mais para fazê-lo por nós?

Bem, pensem sobre isto. Se vocês estão fazendo a purificação emocional e isto muda o seu DNA, não é o mesmo que Recodificar o DNA? E, se vocês precisam de estímulo (medos e emoções de frequência inferior), para transmutar em compaixão para recodificar o seu DNA... e experienciar todo este processo de transmutação para que ele funcione, então como poderiam fazer isto meramente pela intenção? Assim, como poderia alguém mais fazer isto por vocês? Como eles poderiam experienciar os seus medos, integrá-los e aprender as suas lições por vocês? Eu não vejo como eles poderiam. Seria o mesmo que ter alguém vivendo a sua vida por vocês enquanto vocês se sentam de lado e observam. Mas, se eles pudessem certamente eu seria a primeira na fila! Eu não quero experienciar qualquer outra dor e desconforto que eu tenha.

Através do processo da ascensão nós ganharemos a habilidade de bilocarmos, levitarmos e movermos objetos com as nossas mentes.

Foi uma verdadeira desilusão para mim quando descobri que estas habilidades não faziam parte do processo e do plano da ascensão planetária. Eu queria muito aprender como fazê-las e achei que no início elas eram uma das razões para continuar. Mas, por outro lado, nós não somos solicitados a atingi-las a fim de ascender e isto é um grande alívio! Pensem em quanto tempo e energia levariam para sermos capazes de conquistar estas habilidades. Isto é uma habilidade de escola de mistério que leva anos para dominar. Assim, não, estas habilidades não fazem parte do processo de ascensão. As habilidades exigidas são:

1 – A habilidade de conquistar a compaixão ao transmutar bloqueios emocionais.

2 – A habilidade de valorizar a escuridão de todas as formas

3 – A habilidade de viver em harmonia com todas as outras espécies no universo, não obstante as diferenças.

Algo que eu aprendi há não muito tempo e que vocês poderiam estar interessados em saber, é que há dois processos diferentes de ascensão. Há o processo Reptiliano e o Processo Humano. O Processo Reptiliano, ensinado através das antigas escolas de mistério, habilita-os a ascender através da mestria mental e requer que o estudante viva à parte do mundo, a fim de se concentrar em suas habilidades. O Processo Humano os habilita a ascender através do coração e requer que o estudante viva no mundo para conquistar as suas habilidades. Está certo, assim eu posso ter aberto uma lata de vermes nisto... Imagino que seria melhor escrever um artigo para explicar isto também.

Quando ascendermos nós estaremos em um planeta diferente.

Realmente em um sentido, seria como estar em um planeta diferente, mas na realidade, nós estaremos em um plano diferente deste. Como as estações de rádio existem em freqüências diferentes, mas vocês podem acessá-las, no mesmo rádio, a 3ª, 4ª, 5ª dimensões serão dimensões/freqüências/estados de consciência diferentes que podem ser acessadas no mesmo planeta Terra. Pelo menos é esta a minha compreensão neste momento.

Quando ascendermos viveremos em total união e unidade... Não haverá Escuridão ou negatividade... Tudo será amor e luz.

As pessoas não ficarão surpresas quando verem que ainda há Luz e Escuridão na 5ª dimensão? Mais uma vez, como o compreendo, nós teremos uma sociedade mais unida, mas não às custas da individualidade. Ter somente Luz/Unidade significa, em seu extremo, uma mentalidade de colméia como as abelhas ou as formigas. Nós queremos realmente isto? Como o compreendo, nós queremos viver sabendo que estamos todos conectados, de modo que possamos parar toda a hostilidade e a luta que é provocada pelo pensamento de que “estamos separados”. Mas não queremos desistir de nossa individualidade e livre arbítrio para nos tornarmos parte de uma consciência de unidade onde todos pensem o mesmo, queremos? Bem, se for este o caso, não contem comigo.

Quando ascendermos, seremos capazes de ver e ouvir fisicamente os nossos guias.

Talvez, mais adiante no processo de ascensão, isto ocorra quando a 4ª e a 5ª dimensões se tornarem mais fortes, mas por agora, é através do olho interior e do ouvido interior que vemos e ouvimos os nossos guias. Há aqueles que já vêem e ouvem com seus olhos e ouvidos de 3ª dimensão, mas isto não se deve à Recodificação do DNA ou à Ascensão, me falaram. É porque eles nasceram com glândulas endócrinas funcionando plenamente como parte de sua missão terrestre.

Quando ascendermos, deveríamos abandonar nossas vidas de 3ª dimensão e nos movermos para a Luz.

Bem, isto também não é parte do plano neste momento. Pela minha compreensão, nós estamos para viver no mundo e sermos parte dele, mas viver nele com uma consciência multidimensional. Isto foi difícil de imaginar. No início do meu caminho, eu queria me separar do mundo, viver em uma comunidade fechada com pessoas da mesma opinião, desistir de meus cartões de crédito e contas bancárias e viver no amor. Logo, descobri, apenas fazendo parte disto, que não funcionava. Nós estamos para ficar ancorados e no mundo, porque o mundo é o lugar de onde virão as nossas lições. É o lugar onde podemos acessar os nossos medos e integrá-los, acessar nossas emoções de freqüência inferior e transmutá-las dentro de nossos corpos físicos de 3ª dimensão.

Se nos separarmos do mundo e passarmos o nosso tempo nos projetando em outras dimensões ou no plano astral, perderemos as experiências que nos levam a crescer. Lembrem-se, sem as lições se manifestando, não poderemos crescer espiritualmente. Nós evoluímos do desequilíbrio para o equilíbrio. Se tentarmos viver em um mundo perfeito, nós nos tornaremos estagnados espiritualmente, não é? Pensem nisto. Bem, já há suficientes concepções errôneas, e este artigo já está longo. Vamos prosseguir.

Como poderei dizer que estou ascendendo?

- Vocês têm tomado mentalmente a decisão de passar pelo processo de ascensão. Isto é diferente do que estar no caminho espiritual. A Ascensão é uma escolha de mover-se para a 5ª dimensão. O caminho espiritual é uma escolha para acessar o que está além da 3ª dimensão e para acessar o seu lado espiritual.

- Seus medos estão se manifestando em sua vida como lições.

- Seu corpo físico começa a reagir ao processo de ascensão através de novas dores e sofrimentos. Esta é a sua criança interior que está sendo impulsionada pelos medos que estão surgindo para serem integrados. Estes medos estão armazenados em diferentes locais. Exemplo: Um medo de dinheiro está guardado na parte inferior de suas costas e vocês experienciam este medo como dor na parte inferior das costas.

- Vocês começam a estar mais conscientes das sincronias e das ocorrências incomuns em sua vida, em contraste a estar inconscientes delas. (As sincronias os seus guias e o seu trabalho que criam os eventos em seu Projeto de Vida que vocês escolheram durante o seu tempo no intervalo de suas vidas.)

O que pretendemos quando dizemos que a 3ª, 4ª, 5ª dimensões estão surgindo?

Esta é uma notícia interessante que eu não pude resistir em compartilhar com vocês. Como muitos de vocês sabem, há muitas conversas surgindo sobre as dimensões e os efeitos físicos, mentais, emocionais, que estamos experienciando por causa disto. Eu gostaria de compartilhar o que penso que isto significa desde que tantos têm contatado comigo sobre isto.

Enquanto mais e mais pessoas se movem ao longo dos caminhos Espirituais e da Ascensão, conquistamos níveis de compreensão. Por exemplo, aprendemos que somos seres espirituais que têm uma experiência físico/humana. Quando um número suficiente de pessoas imaginarem esta experiência, criarão uma nova consciência. Segundo a minha compreensão, esta crença particular que é uma das mais básicas no caminho Espiritual, é um conceito de 4ª dimensão. Assim, este grupo ancorou uma oitava da 4ª dimensão na 3ª dimensão porque eles vivem em um mundo físico de 3ª dimensão, conseqüentemente, eles fundiram a 3ª e a 4ª dimensões. A mesma coisa ocorre quando um número suficiente de pessoas ancorarem um conceito de 5ª dimensão na 3ª dimensão. Isto é o que se pretende pelas dimensões que estão se fundindo. Grupos de pessoas estão criando novas dimensões de consciência, enquanto vivem em uma dimensão diferente. Espero que isto faça sentido.

Bem isto resume esta coisa da ascensão para este artigo. Há muito mais que pode ser compartilhado na ascensão e eu tenho incluído algo disto em outros artigos que escrevi. Sintam-se à vontade para conferi-los. Vocês o acharão em “Ascensão”, na área de Artigos de nosso site.

* O Centésimo Macaco se refere à “consciência coletiva” (um fenômeno para os cientistas), através de um autor chamado Ken Keyes. Jr. Em uma ilha, os cientistas observaram os macacos comendo batatas doces que os cientistas esconderam na areia antes de dar aos macacos. Os macacos comeram as batatas, mas não gostaram da areia. Uma das fêmeas começou a lavar a sua batata na água, antes de comê-la. Vagarosamente os outros seguiram o seu exemplo, e eventualmente este comportamento se espalhou através da ilha, alcançando a última geração mais velha. Subitamente os outros macacos, nas outras ilhas começaram a fazer a mesma coisa! Simplesmente, Keyes explica sobre esta consciência coletiva: “Quando um certo número crítico conquista uma consciência, esta nova consciência pode ser comunicada de mente a mente.” Para vocês, nestas coisas de filmes, este fenômeno foi também parcialmente observado na abertura do filme, “2001, Uma Odisséia no Espaço”.

Para informação dos sintomas físicos da ascensão, leiam “Vamos cair na Real sobre a Ascensão I e II. Para informação do estado de ascensão da terra, leiam “Estamos Ascendendo?”

Jelaila Starr


Traduzido por: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Jelaila Starr, autora de “Nós somos Nibiruanos” é uma canalizadora, professora e conselheira conhecida internacionalmente. Através de suas palestras, workshops e artigos, a mensagem de compaixão de Jelaila tem tocado os corações das pessoas em todo o mundo, inspirando a esperança e a compreensão enquanto fornece soluções de alguns dos desafios mais prementes de hoje.

Como uma conselheira psíquico-intuitiva, Jelaila trabalha com indivíduos para auxiliá-los com a clarificação emocional, cura nos relacionamentos e Recodificação do DNA. A abordagem singular de Jelaila possibilita aos seus clientes de descobrir claramente quem eles são, o que vieram fazer, e como conquistá-lo.

Jelaila pode ser contatada pelo telefone: (816)444-4364 .

Email: Jelaila@NibiruanCouncil.com

Website: www.nibiruancouncil.com

Extraído do site: http://www.luzdegaia.org
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...