Seguidores

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

REFLEXÃO



NÃO se prenda às opiniões da multidão!
Viva sua vida, de acordo com as luzes que lhe chegam do Alto.
A multidão julga o lado exterior.
O íntimo só Deus conhece.
O mundo não pode conhecer os ensinamentos de amor do Mestre.
Prefira obedecer ao Mestre amando sempre, e não dê valor às opiniões da multidão, que tudo faz para que sejamos iguais a ela, sem personalidade e sem opinião própria.

Minutos de Sabedoria - C. Torres Pastorino




Vivemos flutuando no mar do ego. Nós construímos uma vida baseada no projeto desenhado por arquitetos estranhos a nós, enchemos ela de móveis ditados pela moda dos outros, dançamos e choramos e rimos por sentimentos dos outros, pensamos com a mente dos outros, assumimos e defendemos as ideias dos outros. Muito pouco, ou nada, é realmente nosso. Mas toda essa vida é artificial, limitada, e tem um fim previsível e inevitável: a morte. E então? De que maneira nos justificamos neste mundo? Buscando e encontrando o verdadeiro, o eterno em nós. Aquilo que sobreviverá à morte, que somos nós mesmos, nosso Eu. Essa porção de existência que há em nós e que quando chega a morte simplesmente retorna ao Todo mas não desaparece. Iremos continuar flutuando nos rios dos outros, vivendo vidas de outras pessoas, ou começaremos a nadar em nosso próprio riacho, onde a beleza nos surpreende a cada momento e que segue até o mar nos braços do amor e da compaixão? Vamos continuar a viver na segurança falsa e confortável ou escolheremos a aventura imprevisível mas enriquecedora que é viver? Buscaremos o eterno em nós?

Osho, em "La pasión por lo imposible"Traduzido do blog Historias de mi corazón e de mi mente

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...